Diário de um poeta

Aqui, onde os sonhos possuem as madrugadas e seguem em frente no arrepio do destino destes poemas de amor. Fica comigo, porque estou contigo poemando-te. Se por acaso eu não estiver, sabe que sempre estou e te estou. Sou uma vertigem no-em-ti.

quinta-feira, outubro 05, 2006

Aqueles dias lindos

Eu vejo nascer aqueles dias lindos
nos quais as noites abraçam as tardes
e as rolas levam nas asas os seios das manhãs
Eu vejo nascer aqueles dias lindos
nos quais os rios se encostam aos leitos
e os peixes beijam frenéticos as faces da lonjura
Eu vejo nascer aqueles dias lindos
nos quais os oceanos afagam os raios de sol
e as marés se deixam cantar nos búzios da vida
Eu vejo nascer aqueles dias lindos
nos quais tu te deitas na pura polpa deste beijo
e eu te almo na alma de mais este futuro

2 Comments:

  • At domingo, outubro 08, 2006 8:29:00 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    Meu Amor...Meu Poeta!

    Vê amante...
    cada amanhecer é um novo amanhecer
    abraça-me depressa...vem!
    Sinto frio...meu amor dia
    cobre-me com o manto
    destes braços teus
    teu corpo...teu calor!
    abraça-me depressa
    cobre amor
    este meu querer...
    esta minha noite...
    esta minha dor...
    de não te ter aqui agora
    vem querido...não demora
    quero encostar-me em ti
    quero teus beijos...puro frenesi
    minha boca...tua doçura
    afaga meus cabelos
    sempre dourados e enamorados
    desta tuas belas mãos
    são eles amor
    os raios de sol onde deslizam oceanos de ti.

    Ouço agora um canto vindo do céu
    anjo anunciador...denuncías...
    que enfim chegastes
    Oh!meu futuro...presente
    alma-me aqui...sem fim
    deita teu lábios em
    minha boca expressa meu desejo
    e definitivamente
    sempre sim...diz para ti
    beija-me...beija-me amante
    em tardes, em noites
    manhãs,rios,leitos,marés,búzios...
    encosta teu corpo ao meu...corpo
    que te quer...
    beija-me homem dos dias e noites
    deitada estou
    na polpa dos teus lábios
    algoz dos meus desejos...
    revejo meus sonhos
    e meus ânseios
    neste hoje... noite-dia lindo!

     
  • At terça-feira, outubro 10, 2006 12:24:00 da manhã, Anonymous Solange F. said…

    Maravilhosamente lindo!!!...O amor está de volta.Parabéns e felicidades a anônima e ao poeta.

     

Enviar um comentário

<< Home