Diário de um poeta

Aqui, onde os sonhos possuem as madrugadas e seguem em frente no arrepio do destino destes poemas de amor. Fica comigo, porque estou contigo poemando-te. Se por acaso eu não estiver, sabe que sempre estou e te estou. Sou uma vertigem no-em-ti.

terça-feira, janeiro 16, 2007

Amote

Enganados estão os
o que tolamente pensam
que o amo-te
é uma declaração de amor

Não, amo-te é um divórcio
entre o amo e a te
através de um travessão
abandonado pela inércia
das declarações de amor
sempre divorciadas

Por isso eu corrijo o destino
assassinando os travessões
em meu jeito de dizer-te amote

4 Comments:

  • At terça-feira, janeiro 16, 2007 4:29:00 da tarde, Anonymous ANIT said…

    MAS EU DIGO-TE COM OU SEM TRAVESSOES , QUE TE AMO NA MESMA ......APESAR DE TUDO , ACIMA DE TUDO ........NAO DEIXAS DE SER TUDO PARA MIM ....PORQUE ONTEM , HOJE E AMANHA AMO-TE SEMPRE ....

    COM CARINHO DE ANIT

     
  • At terça-feira, janeiro 16, 2007 9:37:00 da tarde, Anonymous Vertigem said…

    Poeta dos meus sonhos,

    No amo-te dos travessões
    Se declaram os amantes
    E os apaixonados pelo amor
    Pela presença ausente do amote sem permissão.

    No amo-te encontro frases perdidas
    E rimas imperfeitas
    Do amor que não se deixa acontecer
    Acontecendo!!!

    No amo-te
    Vivo o que me permito
    E o que não desisto
    E enlouqueço...
    E te pertenço...
    E permaneço...

    Nesse amo divorciado do te
    Que esqueço a declaração de amor
    E amo...
    E esqueço...
    E sonho...

    No amo-te...
    Me deixo amar...
    No amote
    Não existo sem ti...

    Sabes poeta? O embondeiro é um Deus que ao fechar os braços deixa a Savana desnuda...

     
  • At quarta-feira, janeiro 17, 2007 6:07:00 da tarde, Anonymous Gabi Ninck said…

    HomemMeu?

    Amando
    Teupensaronovo

    Quandodizamarmesemtravessão
    entrastesemdefinitivo
    paraomeumundo
    ondeachavedeacesso
    éesteprocesso
    dosempretransformar
    nãodeixarl a c u n a s
    paraovazionada
    daspessoasnada
    acostumadaseabandonadas
    pelocomodismodasrepetiçõesdoigual
    banaisbanaissemprebanais
    somosdesiguais
    nossoamorsempremais
    nossoamoréementa
    sujeitoatransformações
    nossopactoélei
    regidapornósmesmos
    regicidosnestemesmoquerer
    condenadosestamos
    nacumplicidadedoato
    vêHomemHomem
    nadamaisexisteemdivórcio
    coleinossodestino
    nesteloucoquererdetidemim
    Deusestánodeserto
    eeuestoulá
    semlacunasouinércia
    semtolicesoumesmices
    esperameeesperote
    emcadamanhãondebeijasmeuslábios
    emcadasempredasoutras
    muitascoisasdomeucorpo
    amoteadorotequeroteassim

     
  • At quinta-feira, janeiro 18, 2007 4:30:00 da manhã, Anonymous Gabi Ninck said…

    SabesHomem?Quandoabresteusbraços
    agentefazumPaís(MarinaLima)
    Quandofechasteusbraços
    envolvendomeporinteira
    Putsquedoideira
    agentefazagentefaz:
    SUMODECAJUDOCE(Gabi Ninck)

     

Enviar um comentário

<< Home