Diário de um poeta

Aqui, onde os sonhos possuem as madrugadas e seguem em frente no arrepio do destino destes poemas de amor. Fica comigo, porque estou contigo poemando-te. Se por acaso eu não estiver, sabe que sempre estou e te estou. Sou uma vertigem no-em-ti.

sábado, março 10, 2007

O voo esguio dos cantos de amor

Lá onde estou lá onde estive
lá onde sempre estarei
naquele local de sombra
na varanda dos meus sonhos
(pequena vírgula de paz)
saibam que a única coisa que me move
é apenas o desejo de dar às palavras
aquele jeito que têm as andorinhas
de tatuar no horizonte
o voo esguio dos cantos de amor

E se tiverdes que desamar os actos
amai pela menos as intenções

8 Comments:

  • At sábado, março 10, 2007 4:52:00 da tarde, Blogger Esfinge said…

    Xi mwana carlos aqui parece campo de batalha eu nao costumo vir aqui mas hoje vejo que ainda cheira o cheiro do futi. Caramba, manas amigas, vamos la ser equilibradas. Na terra de poema nao ha xipalapala para guerra.

     
  • At sábado, março 10, 2007 5:41:00 da tarde, Blogger Sara said…

    Serenidade que vizinha a beleza pura e definitiva.

     
  • At sábado, março 10, 2007 7:33:00 da tarde, Anonymous Vertigem said…

    Poeta dos meus sonhos,

    Na varanda dos teus sonhos,
    A mesma que embala os meus
    O lugar onde namoras a lua,
    O mesmo que beijas a chuva...

    É lá onde estou em ti
    É lá onde fui madrugada até te ter
    É lá onde sou noite estendida
    Em esteira de sonhos e estrelas.
    (cama de paz)

    Sabes?
    Oferecer palavras é tua vida
    Criar encantos é tua sina
    Tatuar horizontes é teu destino.
    Eu andorinha perpetua
    De voos desconhecidos e pouso único
    Me deixo tatuar como pele
    Por teus beijos e palavras
    Por teus poemas e xicuembos...

    Eu que aqui onde estive estou
    Eu que aqui onde estou estarei
    Mantenho o voo raso e descanso
    Nesta terra de sonhos
    Igual guerreira perdida.

    ( como poderei eu desamar algo? Se apenas me ensinaste a amar?)

     
  • At sábado, março 10, 2007 10:54:00 da tarde, Anonymous Seu Anjo said…

    Não consigo ver onde está o campo de batalha Sra.Esfinge.Poderia por favor ser mais clara?
    Não podemos expressar nosso sentir? Fazer ver os "direitos" do criador sobre sua criatura? Foi o que tentei fazer, dando créditos a quem os mereçe,algum problema nisto? Fiz justiça, apenas isto.

     
  • At sábado, março 10, 2007 11:45:00 da tarde, Anonymous Gabriella Maria said…

    Como pude demorar tanto para descobrir um homem como vc!! desculpe-me estar fazendo essa declração aqui, neste local onde parece que as mulheres andam loucas por vc!!! Pena não terem o melhor de vc!! Sua alma... ja me pertence, assim como a minha a vc!!!

     
  • At domingo, março 11, 2007 5:50:00 da manhã, Anonymous Gabi Ninck said…

    Ò minha xará,(o meu nome tem um só L) (rs) - EM RESPOSTA À GABRIELLA MARIA (parece nome mexicano)(rs)

    "O VOO ESGUIO DE UMA PRINCESA"

    Quem disse que quero a alma de alguem?
    Já é um peso tão grande...carregar
    tão grande alma que é a minha
    Deste que voce pensa que tudo queremos...
    Bah! tenha calma pois,
    Aqui é um lugar de sonhos
    e como tal precisamos sonhar
    Somos poetas...
    e como tal, tão bem sabemos fingir
    fingimos que amamos
    fingimos que choramos
    fingimos que sofremos
    fingimos que estamos
    O que na verdade
    nada disto somos
    somos tão fingidores
    que por vezes até acreditamos
    ser real e imortal
    os sonhos que aquí sonhamos
    Fica calma
    Fica quietinha
    Lê em carreirinha
    pois tudo que aqui deixei
    e deixo, são apenas mentirinha
    Ame o seu amor
    E sejam bastante felizes
    mas peço-te por favor
    deixa-me
    fingir sozinha
    só tenho mesmo este cantinho
    para dizer minhas abobrinhas
    Amo tanto minhas abóboras
    que acredito sejam elas
    a carruagem que minha madrinha fada
    transformará perto da meia noite
    eu Cinderela...
    ele o meu príncipe...
    Carruagem...Abóboras
    Em castelo já vou indo
    partirei agora
    Estou tão linda assim vestida
    que acredito tão somente
    em meu príncipe dos sonhos...
    ele está lá
    esperando-me em poesia
    dançaremos até que chegue dia
    e partirei deixando sapatinho
    de cristal ou de vidro mesmo
    quem sabe ele depois me encontre?
    e coloque em meu pé esquerdo
    o ELO que me faltava.

     
  • At domingo, março 11, 2007 9:44:00 da tarde, Blogger Diva said…

    Gabi
    Juro que não ia comentar este post porque tou sem paciência e sem inspiração alguma (acontece nas melhores famílias) Mas miga ADOREI o seu poema hehehe vou copia-lo e colocar como comentário citando a autora é claro não vá a “anjinha” descobrir que roubei ele de você!
    Bjs meus

    P.S. Miga vê ai nos ficheiros secretos da SOCIEDADE POETAL se descobre quem é essa que apareceu com dois LL e ainda por cima se achando dona do pedaço

     
  • At domingo, março 11, 2007 9:45:00 da tarde, Blogger Diva said…

    "O VOO ESGUIO DE UMA PRINCESA"

    Quem disse que quero a alma de alguem?
    Já é um peso tão grande...carregar
    tão grande alma que é a minha
    Deste que voce pensa que tudo queremos...
    Bah! tenha calma pois,
    Aqui é um lugar de sonhos
    e como tal precisamos sonhar
    Somos poetas...
    e como tal, tão bem sabemos fingir
    fingimos que amamos
    fingimos que choramos
    fingimos que sofremos
    fingimos que estamos
    O que na verdade
    nada disto somos
    somos tão fingidores
    que por vezes até acreditamos
    ser real e imortal
    os sonhos que aquí sonhamos
    Fica calma
    Fica quietinha
    Lê em carreirinha
    pois tudo que aqui deixei
    e deixo, são apenas mentirinha
    Ame o seu amor
    E sejam bastante felizes
    mas peço-te por favor
    deixa-me
    fingir sozinha
    só tenho mesmo este cantinho
    para dizer minhas abobrinhas
    Amo tanto minhas abóboras
    que acredito sejam elas
    a carruagem que minha madrinha fada
    transformará perto da meia noite
    eu Cinderela...
    ele o meu príncipe...
    Carruagem...Abóboras
    Em castelo já vou indo
    partirei agora
    Estou tão linda assim vestida
    que acredito tão somente
    em meu príncipe dos sonhos...
    ele está lá
    esperando-me em poesia
    dançaremos até que chegue dia
    e partirei deixando sapatinho
    de cristal ou de vidro mesmo
    quem sabe ele depois me encontre?
    e coloque em meu pé esquerdo
    o ELO que me faltava.
    Gabi Nink

     

Enviar um comentário

<< Home